As diferenças de gênero do jeans ripped

Igualdade de gêneros é uma bandeira para os amantes do jeanswear. Mas não para seus detalhes: como o ripped. O Inverno 2019 diferencia muito bem o estilo dessa linguagem para o segmento masculino. Enquanto as mulheres vão vestir uma calça rasgada com visual textura, os homens vão ostentar coragem e aventura.

E tudo isso vai ser dito por rasgos muito insistentes, variando entre navalhados, machucados e devorês acidentados. A calça que literalmente se “esfolou” do início ao fim será desejo, especialmente no acabamento cinza ou ácido. Nos índigos, quanto mais o efeito destacar o branco das tramas, mais vai dialogar com puídos, costuras marcadas e pontos de luz. No black e grafite teremos interferências explorando bastante o efeito novidade das cores acinzentadas reveladas nos fios horizontais de machucados e devorês.

E quando o ripped for dosado com cautela terá um bom motivo: a combinação com riscos, tampões, amassados e principalmente respingos. E nessa conjunção vão surgir algumas sutilezas: daquelas que o menswear tanto aprecia. Por exemplo pontos de luz posicionados desiguais no entrepernas: ao invés do habitual espelhamento. Ousadia assimétrica que com frequência virá sublinhada pelo ripped com cara acidental. Confira.

Fonte: Vivian David | Fotos: Equipe Guia JeansWear

Adquira o Guia de Tendências

O Guia de Tendências é um serviço de pesquisa internacional de moda e comportamento para o segmento jeanswear. Quer saber mais sobre esse serviço, entre em contato conosco pelo e-mail atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelos telefones (11) 2656-8285 e (31) 99834-8450.

  • Conheça nosso material exclusivo de tendências!

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!