Mário Queiroz: miscelânea de padrões e tecidos

Formando um patchwork de cores, bordados e texturas, Mário Queiroz reaproveitou tecidos de coleções passadas para criar seu inverno 2012 inspirado na art decó e no futurismo. O trabalho de aplicações e a mistura de tecidos leves como organza e lã enriquecem as peças, porém muitas sobreposições com caimentos, muitas vezes, inadequados, poluem o visual.


Já a alfaiataria característica de sua coleção, surge para homens e mulheres em modelagens slins. Destaque para os adamascados, metalizados e veludos. As cores passeiam entre o preto, cinza, azul, dourado e prata.