Carlos Hoyos e Luz Giraldo falam sobre o sucesso da Colombiatex

O Guiajeanswear esteve presente na última Colombiatex de las Américas, que aconteceu nos dias 21 a 23 de janeiro em Medelín na Colômbia, e aproveitou a oportunidade para entrevistar o diretor presidente executivo, Carlos Eduardo Botero Hoyos que contou para nós as ações tomadas para consolidar o evento ao sucesso entre as Américas, e também a simpática colombiana Luz Adriana Naranjo Giraldo, diretora de competitividade e internacionalização do grupo.






Guia JeansWear – Carlos Eduardo, ao assumir a direção da Colombiatex de las Américas, quais medidas tomou para a evolução do evento?


Carlos Eduardo Botero Hoyos – A primeira foi consolidar a equipe. Sem equipe não podemos chegar à copa do mundo.
A segunda foi organizar a casa e depois conversar com os empresários para conhecer o que esperam da Inexmoda, o que esperam da feira. Entender as diferenças entre a indústria a nível mundial, para poder fortalecer a Inexmoda e seus serviços de acordo com as tendências mundiais. Por fim, com essas informações definimos planos de trabalho do nosso instituto e começamos a trabalhar.


GJ – O que o Brasil representa para um evento como Colombiatex de las Américas?


CEBH- Falo com toda certeza que o Brasil é o cliente internacional mais importante que temos na Colombiatex. O que nos encanta. A Abit é uma organização que enriquece o evento com os desfiles organizados por ela, as peças apresentadas mostra qualidade dos produtos, e dá um certo glamour ao evento.


GJ – Pretende trazer mais empresas brasileiras?


CEBH – Sim, mas nossa maior dificuldade hoje é o espaço físico para expositores.


GJ – A Inexmoda já pensou em segmentar o evento?


CEBH – Temos idéias, mas não para o momento.


GJ – A Inexmoda organiza outros eventos, quais serviços oferecido pelo grupo?


CEBH – Temos um evento de capacitação que acontece durante o final do 1º semestre de 2014 e teremos a Colômbia Moda – semana de moda colombiana de 22 a 24/07.


GJ – A próxima Colombitex jé tem data marcada?


CEBH – Sim, a Colombiatex 2015 será de 27 a 29 de Janeiro.


GJ – Há algum evento que mostra as marcas jeanswear da Colômbia?


CEBH – Temos a Colombia Moda, nela existe um setor chamado Textile II parecido com a Colombiatex, porém menos insumos. Esse evento é destinado a marcas e estilistas.


GJ – Como comparar a Colombiatex a outros eventos de moda que acontecem pelo mundo como Bread and Butter, Premiere Vision, Denim by premiere, Panorama, etc?


CEBH – O nosso é mais integral, além dos espaços com expositores, temos aqui experiência com música, gastronomia, desfiles, o Denim day.


GJ – Fale um pouco sobre o Denim day.


CEBH – É um dia especial onde convidamos a todos visitantes e expositores a se produzirem com seu melhor par de jeans, os desfiles propostos tem jeans, é o dia do jeans, todos gostam e muita gente participa.


GJ – Luz, quais serviços que prestam na área da qual você é responsável (Competitividade e Internacionalização) dentro do grupo Inexmoda?


Luz Adriana Naranjo Giraldo – Investigamos as tendências de moda e consumo, fortalecemos as empresas e suas competências em termos de inovações e fornecemos espaços comerciais para que essas empresas participem dos eventos da Inexmoda.


GJ – Para que países já prestam esses serviços?


LANG – Para América Latina, México, Peru, Equador, América Central e Caribe.


GJ – De que forma prestam esses serviços?


LANG – Pegamos o conhecimento de moda que temos na Colômbia e levamos para esses países, preparamos as empresas de tal forma a ponto de se tornarem empresas fortalecidas, preparadas a construir marcas e que queiram crescer principalmente no mercado colombiano, onde o consumo é sensível e as pessoas investem cada vez mais em moda. Nos últimos 10 anos o PIB na Colômbia aumentou quatro vezes, por isso as pessoas gastam cada vez mais com moda.


GJ – Como essas empresas entram no mercado colombiano e de que forma ficam conhecidas?


LANG – Como disse, inserimos nossos clientes nos espaços comercias dentro dos eventos que a Inexmoda organiza, na Colômbia Moda, por exemplo, que acontecerá nos dias 22 a 24 de julho de 2014. Essa feira é muito importante e já consolidada dentro do mercado latino.


GJ – Qual o segredo para a Inexmoda ter se tornado o coração e o cérebro da moda na Colômbia?


LANG – Vemos a oportunidade das empresas crescerem, acreditamos que o conhecimento e a inovação são chaves para gerar riqueza e sustentabilidade das empresas dentro de seus países no setor de moda, é onde investimos com seriedade e comprometimento na capacitação das empresas interessadas em crescimento.


GJ – Em relação à moda brasileira, o que acha?


LANG – Temos mais para aprender com os brasileiros do que eles conosco. (risos)