Chuva de índigo no desfile da Cavalera

O público da Cavalera é patriota. E orgulha-se não só de seu País, mas também de sua cidade natal. E foi inspirada em São Paulo que nasceu esta coleção de Inverno 2011, que fechou à São Paulo Fashion Week.

Os modelos caminharam sobre as águas dos espelhos que davam boas-vindas à Bienal, e ainda sob eles caía mais chuva, tudo em homenagem à “terra da garoa”, embora esse título não seja mais tão preciso.

A coleção surpreende: peças bem cortadas, modelagens bem construídas, estampas trabalhadas, e tudo sem fugir do DNA streewear e jovem. Na cartela de cores reinam os sóbrios, com pitadas de cores vibrantes como o amarelo flúor e a alegria presente nas padronagens.

O jeans é sempre um show à parte. A grife aposta tanto no black – que aparece em skinnies que também podem ter a mistura do couro – quanto no blue, que invade à passarela improvisada bruto e estampado de corações, ou cheio de efeitos como pontos de luz e devorês. Confira as imagens na galeria do desfile e backstage da Cavalera, que sempre é uma ótima fonte de inspiração às marcas jovens.

MARCELA LEONE | FOTOS: AGÊNCIA FOTOSITE / SANDRA NEAIME