Coronavírus causa prejuízo de mais de 200 milhões de euros no setor têxtil asiático

O Covid-19, a infecção causada pelo novo coronavírus, está impactando o cenário da indústria têxtil em países asiáticos. Estima-se que os prejuízos do setor podem chegar até cerca de 207 milhões de euros (238 milhões de dólares), com efeitos mais severos no Vietnã. A região sofre pela escassez de matérias-primas da China, foco do vírus e fornecedor principal do sudeste da Ásia.

A Organização das Nações Unidas (ONU) indicou em relatório publicado neste mês de março que, no Vietnã, o impacto do coronavírus no setor têxtil chegará aos 183 milhões de euros. Tailândia e Indonésia aparecem na sequência, com prejuízos estimados em 14 e 10 milhões de euros, respectivamente.

Em crescente nos últimos anos, as têxteis vietnamitas empregam cerca de três milhões de trabalhadores no país. O setor gera exportações de 34,5 bilhões de euros (39 bilhões de dólares), graças a alguns custos de produção mais baixos do que na China.

“95% das fábricas têxteis vietnamitas utilizam tecido chinês”, apontou Efe David Lee, diretor de vendas da Phukhang Manufacture and Trading, uma empresa que trabalha com grandes marcas do Reino Unido e Espanha.

Vale destacar que a indústria têxtil é um setor importante no sudeste da Ásia, que fabrica roupas para vários grupos estrangeiros, como o sueco H&M e o espanhol Inditex.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução