Em artigo, Paulo Borges anuncia nova locação para o SPFW

“Somos criativos, “no made”, “no mad”, nômades. Quem carrega a criatividade como parte de sua essência, sabe muito bem assumir a impermanência das coisas”. É dessa forma que Paulo Borges, fundador e diretor criativo da SPFW, inicia o seu primeiro artigo de uma série para a FFW. Intitulado “Criatividade No[Made]”, o texto anuncia as mudanças promovidas pela organização para a 46ª edição da maior semana de moda da América Latina.

Após ter 50,1% do evento vendido para a IMM Participações, em abril passado, o São Paulo Fashion Week terá uma nova locação. Trata-se de um galpão industrial na Vila Leopoldina, com 9 mil m² e 16m de pé direito, que será sede da semana de moda paulista até a edição N50, em outubro de 2020, quando poderá ter seu contrato renovado. O espaço é conhecido como ARCA, e é administrado pela agência Nós Consulting. “Com Alma para se reinventar constantemente ao futuro que queremos, o SPFW se lança a partir dessa edição ao desafio de ocupar novos territórios em São Paulo”, diz o texto de Borges. “Este é o momento de somar ainda mais com um movimento de transformação de uma cidade que, assim como o SPFW, não para de se reinventar. Juntos promoveremos novas formas de conexões, novas centralidades. Novas relações, novas economias, mais humanas, mais afetivas.”, finaliza.

Fonte: Redação | Fotos: Divulgação