Emily Current e Meritt Elliott voltam ao mercado jeanswear com The Great Blue

Nós falamos um pouco sobre o trabalho de Emily Current e Meritt Elliott quando a dupla de designers especialistas em jeans lançou o livro A Denim Story, no ano passado . As fundadoras da marca Current/Elliott estavam há três anos sem trabalhar com denim. Isso porque desde que saíram completamente da empresa que co-fundaram e virou hit em 2008, por conta de contratos, elas não estavam permitidas a fazer nada em jeans.


Agora chegou a hora de a dupla voltar para o que elas sabem fazer de melhor: jeans. A marca de moda contemporânea que as duas fundaram após a saída da Current/Elliot, chamada The Great, agora conta com a linha focada em jeans The Great Blue.


Nessa nova empreitada, os jeans aparecem mais elaborados na estética vintage do que costumávamos ver na Current/Elliot. Todos trabalhados em denim japonês e totalmente produzidos em Los Angeles, o que, automaticamente, coloca a marca em um patamar premium devido aos altos custos do denim japonês e da produção nos Estados Unidos.


The Great Blue conta com seis modelagens de jeans, entre eles o: “dude slim”, um fit boyfriend com pernas ajustadas; “super-high-rise” skinny, justo com cintura alta e o truque do momento: costuras laterais duplas ressaltadas, truque visual para alongar as penas; “nerd jeans” mais solto no quadril afunilando nas canelas.


“Nossa visão de denim inclui jaquetas, camisas e vestidos – coisas improváveis em denim”, disse Elliott ao WWD. “Nós gostamos de coisas que fogem do padrão five-pockets”.


Ao serem questionadas sobre não terem lançado nada dentro da tendência athleitc leisure como calças jeggings e joggers, Current respondeu: “Só porque o activewear em denim é tendência agora, não significa que ele se encaixa com a nossa marca”, ressaltando ainda que a The Great Blue gira em torno de descontração, Americana, ludicidade e nostalgia.

Além disso, Elliott acrescentou: “Se a tendência não faz parte do seu filtro de marca, você não deve fazê-la. No longo prazo, isso trará um retorno negativo”.

MARINA COLERATO | FOTOS: REPRODUÇÃO