Esporte, luta, natureza e cidade definem as cartelas do Verão 2018

Muros grafitados ou ambiente natural, punk exótico ou sportswear arrumadinho. No

Verão 2018; ou você está em um cenário paradisíaco, ou é um grande

protagonista do ambiente urbano. A temporada de calor veste os temas mais

inspiradores da estação, nas estampas do jeans que

transita entre estas duas ocasiões distintas. Camuflagens, folhagens, florais, resinados

psicodélicos, desenhos decorativos; e os padrões clássicos mais certinhos da alfaiataria

serão os grandes protagonistas da estação.



No mix de camuflados, a reformulação do desenho original da

estampa varia desde a aparência do outdoor rasgado, até as manchas enevoadas do

estilo grafitado. Além disso, o padrão amplia as harmonias de cores para além do verde

oliva e dos tons terrosos; adotando também cartelas rosadas e em diferentes nuances do

índigo. Nos desenhos mais alterados, o denim conversa com o

ambiente cidade através da rebeldia e da linguagem excessiva. Já nos padrões mais

definidos, tende a ganhar leitura esportiva, levando seu discurso de embate para o closet

essencial.



O jeans com texturas psicodélicas, por sua vez, aceita qualquer

desenho elaborado como um motivo potencial: o que realmente o define; são as

camadas de efeitos que conferem mudanças drásticas no tom, ou quebras no ritmo da

própria estampa. No look final, a linguagem é cavernosa, noturna, baladeira ou

agressiva. O apelo comercial está no lado B suburbano e sedutor das cidades.



Para transitar em ambos os cenários ­ cidade ou praia ­ o Verão 2018

apresenta as mini­listras, micropoás, padrões geométricos com jeitão de alfaiataria, e

pied de poule apagados. São estampas que levam discurso de

alinhamento para itens com jeitão esportivo. O mesmo papel é dado também pelas

folhagens e florais certinhos: ambos atendem à demanda pelo frescor natural no

segmento, mas são jogados nas peças mais formais para agregar às mesmas, o apelo

funcional próprio do lifestyle cidade. No mesmo caminho, temos as estampas que

exploram as nuances do índigo, graças à intromissão dos patches.



Juntamente com toda essa diversidade de motivos, existe sempre a sobreposição de um

acabamento diferenciado no jeans estampado, no

sentido de acrescentar textura ou toque à peça. Estamos falando de brilhos molhados

furta cor, desenhos com efeito frayed na superfície, visual alvejado, reservas de

pigmento de patches ou mesmo alterações na regularidade do tecido.



Inspirações relacionadas à esporte, luta, natureza e cidade: com efeito, todas as

estampas da estação atendem às fantasias mencionadas, O grande apelo comercial, no

entanto, é interpretá-­las de forma que todas estejam aptas a mudar de discurso ao trocar

o cenário de origem. Ou seja: a mesma estampa híbrida que assume

discurso punk em frente ao concreto, muda para o perfume exótico na praia; e a mesma

alfaiataria que eleva o status do look urbano, relaxa o look no primeiro contato com a

maresia.

VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO