Focus Têxtil traz a arte de experimentar para a estação

Novos tempos, novo mercado, nova moda. Todas essas mudanças que vêm refletindo no mundo fashion foram abordadas no evento Focus Fashion Day, que aconteceu no último dia 7 de fevereiro, em São Paulo e, apresentou as principais tendências para o Verão 18/19 com Ellen Leite e Lilian Marino, um Preview do Inverno 19 com Evilásio Miranda do bureaux Nelly Rodi, além de palestras sobre Inovação no e-commerce de moda com a empresa Rakuten e a Construção da Identidade com Walter Rodrigues. Foram premiados os vencedores do concurso Design Vision que tem o apoio da Pernambucanas e, que visa capacitar novos talentos para área de moda e estilo.

Vamos às principais macrotendências da temporada.

Tempo: é preciso respeitar o tempo de cada coisa, avaliar o que é essencial no dia a dia, desacelerar, desconectar e resgatar as nossas raízes, olhar para o passado e construir o futuro a partir do que temos agora. Aqui os tecidos atravessam gerações, contam histórias e podem ser reutilizados. O minimalismo impera com foco em produtos que realmente valem a pena numa moda atemporal, sem estações, com reflexões sobres processos e propósitos. As cores ajudam a acalmar e passeiam entre os tons de papel, do branco ao craft.

Já os tecidos são fluídos, delicados, com volumes soltos e formas amplas e mutáveis. As padronagens têm motivos simples como os poás, inclusive no denim, além do xadrez vichy, listrados e aspectos naturais como tricolines, linho e xadrezes da alfaiataria.

O jeans vem somente amaciado em clássicos do segmento onde os itens principais como modelagem, tecido e acabamento se unem principalmente em looks total denim. O vintage e o contemporâneo são mesclados em jeans para diferentes silhuetas e tamanhos.

Emoção: aqui as experiências subjetivas nos sintonizam com o outro, construindo conexões e parcerias entre as empresas e valorizando diversas culturas em tecidos com aspectos artesanais. Todos os tons de pele incluem e aproximam as pessoas e nessa vibe que segue a cartela de cores em torno do nude, além das tonalidades queimadas como vermelho, amarelo e verde.

Há ainda a valorização do mundo feminino, empoderamento da mulher ao mesmo tempo em que ela é feminina, romântica e delicada. Entre os tecidos surgem plissados, franzidos, babados, acetinados líquidos, jogos de listras, xadrezes retrôs e figurativos. O luxo se faz presente nas rendas e veludos. Já o lado Bohemian traz estampas étnicas e florais em tecidos naturais, bordados, com fundos lisos ou trabalhados e um mix de elementos culturais e reinterpretações artesanais.

Espaço: o espaço não é somente físico, ele também é digital, onde entram novas realidades, sensações e interatividade. Aqui o conceito Cocooning, de proteção e aconchego é muito importante e gera produtos que fornecem calma e o prazer de ficar em casa, sem deixar de lado a tecnologia. Maior qualidade de vida para os que praticam o home office e um lifestyle que busca por roupas confortáveis, com elasticidade, mais soltas e simples. As pessoas atualmente consomem experiências, não mais somente produtos e buscam simplificar ao máximo sua vida com praticidade como as peças multiuso.

Destaque para o loungewear, malhas, liocel com toque suave, cetins, viscoses, crepes em modelos como os conjuntos que mais parecem um pijama, quimonos e, o slip dress. Já o movimento “Athleisure” também se faz presente nesse tema mesclando as estéticas esportivas e casuais em conjuntos de moletons, joggers, agasalhos, vestidos soltinhos e elementos funcionais como capuzes, reguladores e puxadores. O cinza mescla e pastel empapelado surgem em artigos com tecnologia e, as peças que mesclam o sportswear à sofisticação ganham tons vivos ou neutros.

O verde militar ou o cáqui surgem na sarja e, as jaquetas bomber ganham diferentes versões, inclusive o fit oversized. Já as estampas seguem a realidade aumentada em motivos como fundo do mar, flora e fauna.

Ação: os consumidores buscam novos significados, onde a moda não é só roupa; onde eles querem se sentir únicos, com uma identidade própria e personalidade. Há bem pouco tempo atrás havia muito desperdício e uniformização das tendências e tribos. Hoje tudo isso mudou: os grupos sociais são bem mais complexos, a juventude não tem mais idade pré-definida valorizando o estado de espírito de cada pessoa. Existem também novas realidades nas mídias sociais e novas conexões formando o “mix and match” no mundo fashion.

Aqui entram o conceito “no gender”, “do it yourself”, onde as pessoas experimentam coisas novas, em peças com diferentes arquiteturas e, silhuetas. Os efeitos metálicos fazem sucesso em formas híbridas e misturas inusitadas.

Formas Femininas

A consultora de moda, Bia Aidar revelou as formas femininas da estação e as principais tendências. Entre os top 10 para o Verão 19, Bia aposta:

1. Passado x Futuro, em peças com referências do passado e a tecnologia do futuro;
2. Assimetrias arredondas, orgânicas e geométricas;
3. Boudoir com referências à lingerie;
4. Babados com detalhes de vazados;
5. Athleisure: toque esportivo principalmente na alfaiataria;
6. Oriental em peças com mangas amplas;
7. Western com força no jeans;
8. Mix de informações, referências;
9. Listras e poás coordenados ou não;
10. Duas peças coordenadas no mesmo tom ou estampas.

Tops: aqui as t-shirts com ar retro são peças-chave, além das camisas com assimetrias e amarrações.

Outerwear: jaquetas esportivas, peças alongadas, blazers com babados.

Vestidos: de alcinhas, no estilo camisa, longos com efeito de sobreposição.

Saias: assimétricas, minis, clochard, midi, com plissados.

Calças: joggers, clochard na pantalona, wide leg, cropped.

Macacões: com volume, um ombro só.

Jeanswear

Tops brallets, camisas western, minissaia envelope, shorts com babados ou sequinhos, calças skinny com patchs e blocos de cores, wide leg mais comercial, vestido jardineira, macacão cropped com ar street.

Lançamentos

Entre as novidades na linha Jeanswear estão o Indigo Cetim Power Trend Blue Black, com 8,4oz, toque de cetim, em 60% algodão, 24% poliéster, 14% viscose e 2% elastano, Indigo Lacio Blue, artigo listrado, super leve, com 6,2oz, em algodão, elastano e poliéster, Linen Chevron Melange Rattan, em algodão e linho e o Chambray Border 1, com bordados, em algodão, poliéster e viscose.

FONTE: Vanessa de Castro | Fotos: Equipe Guia JeansWear