Jogo de texturas e denim com aspecto de alfaiataria na Ellus

Com inspiração em Marrocos a Ellus coloriu a passarela com areia de verdade criando lindos mosaicos que demoraram 12 horas para ficar prontos e, apresentou uma moda com toques étnicos, mas sem estampas, sofisticados e com muitos metalizados e tecidos como o jeans, seda, tapeçaria, renda guipure ou com fio de lurex e náilon transparente.


O jeans ganha toques de alfaiataria e vem somente amaciado na calça de cintura alta e a barra mais curta em meio a lenços e transparências, na jaqueta com bolsos aparentes e na hot pant. A saia lápis vem totalmente repaginada com pala dobrada, recortes enviesados, pregas e costuras marcadas. Bolsos cargo permeiam diferentes peças, como no vestido de alcinha levemente evasê, que promete fazer sucesso no Verão.


Os tons terrosos não poderiam faltar numa coleção que fala de Marrocos e, surgem nas sarjas com leves desgastes e, que formam conjuntinhos de mini jaquetas e calças capri na cor telha – numa pegada utilitária ou no mostarda com manchas de sujinho. As modelagens ora são justas ora mais confortáveis como a sarja black com a cintura mais alta.


Blusas e vestidos ganham torções e estampas que mesclam quadriculados e florais em tons mais claros. Mistura de tecidos e texturas como renda, seda e franjas permeiam modelos que brincam com a feminilidade, o streetwear e a sofisticação dos brilhos.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: ZÉ TAKAHASHI/AG FOTOSITE | VÍDEO: YOUTUBE SPFW