Saias alongadas ganham versões contemporâneas em jeans

Nós já falamos da importância das saias alongadas para o inverno 2015 e nas nossas pesquisas, essa tendência totalmente aliada ao estilo anos 70, além de se confirmar se estende também para a temporada de verão 2016.
A brasileira já incorporou a saia alongada no guarda roupa, inclusive o comprimento que mais levantava sobrancelhas, o midi, já foi bem aceito e está muito presente nas ruas. Fizemos uma seleção que mostra o quanto esse item é indispensável no mix de varejo, e ganha diversas leituras, formas e acabamentos.


A modelagem lápis é, sem dúvidas, a mais explorada quando falamos de saias jeans alongadas, mas o modelo evasê, mais rodado, da A-Line, por exemplo, com cintura de elástico ou tradicional, confere leveza e renova o item. Destaque para a barra desfiada, que reconquistou todo o segmento jeanswear e é apontada como o acabamento da estação.


Outro modelo que foge do shape lápis é o modelo em patchwork do Junya Watannabe. A saia faz parte de uma linha sucesso de denim do estilista e serve como referência para quem prefere apostar em itens mais criativos e vanguardistas. O patchwork pode ser feito também em tons de índigo na lavanderia, mas ganha mais bossa se trabalhado com mistura de tecidos.


Já a Moschino apostou na tendência utilitária, com modelagem funcional e bolsos destacados. A lavagem délavé bem clara e uniforme dá todo o destaque para os botões. A Au Jour Le Jour também fica com a lavagem clara e destaca os patchs, com temática cartoon.


O tamanho midi em uma modelagem mais reta também é importante no meio das referências, com lavagens normalmente mais escurecidas, conferindo aparência mais elegante à peça. Por fim, as opções lisas com rasgos exagerados, viraram febre logo depois de Rihanna ser fotografada usando o modelo da Acne, e continuam tendo muita relevância para as saias em jeans atuais.

MARINA COLERATO | FOTOS: REPRODUÇÃO