Sanox lança box de higienização contra Covid-19

Toda roda da moda depende do giro do comércio, e este segue lidando com o problema dos estoques parados. Por mais que o consumidor se digitalize, sabemos que as situações que exigem a venda física com a respectiva aprovação do espelho no provador não são pequenas.

Por isto, a busca por soluções capazes de devolver a confiança para que o consumidor volte a circular em lojas e shoppings, eliminando ao máximo o risco de contaminação pelo novo coronavírus, tornou-se uma necessidade urgente. Especialmente no Brasil, onde o setor têxtil é o segundo maior empregador de mão de obra direta e indireta. Todos os demais elos da indústria de moda torcem para que esta retomada a normalidade ocorra o mais breve possível, pelo bem de toda a cadeia.

Já que a situação da pandemia ainda promete durar por tempo indeterminado, seria ideal que as vendas físicas pudessem ser retomadas com segurança independente do seu término. Imagine se pudéssemos desinfectar completamente roupas de provadores por métodos rápidos, seguros e devidamente certificados. E se da mesma forma, ambientes abertos e fechados de shoppings e lojas, pudessem ser submetidos a igual método de sanitização. De fato, seria ideal, teria imensa demanda e retomaria a confiança de muitos consumidores que preferem a experiência das lojas físicas.

Pois esta ideia foi colocada em prática justamente por dois experts do segmento jeanswear. José Marcelo Bezerra e Júlio Moraes, são os idealizadores da Sanox, uma empresa nova, fundada justamente para atender a demanda por sanitização no varejo. A companhia acaba de lançar o primeiro box de higienização voltado para desinfecção de roupas, acessórios, bolsas, carteiras, sapatos, máscaras, jóias, bijuterias, e claro, jeans.

Com base na tecnologia eco-friendly do ozônio, o equipamento intitulado “Ozone box” foi desenvolvido especificamente para empresas de roupas, calçados, acessórios, provadores e e-commerce. O equipamento tem certificado da ANVISA e eficácia comprovada pela UNICAMP para eliminação de 99,9% de todos os vírus H1N1, SARS, MERS e coronavírus, além de também eliminar ácaros, odores e bactérias.

O Ozone Box da Sanox mede 1,5 metros de altura por 90 centímetros de largura. A máquina funciona da seguinte forma: as roupas são colocadas no seu interior em cabides, que são fornecidos como parte do equipamento. Após fechada por uma porta transparente, um botão permite o início do procedimento. A mudança da luz interna para o tom azul sinaliza o momento em que o ozônio está sendo aplicado, em um procedimento de desinfecção que que dura de dois a dez minutos no máximo.

Além do Ozone Box, a Sanox trouxe para o mercado soluções para ambientes abertos e fechados baseados na tecnologia do ozônio. Para ambientes abertos, o produto é o Deep Clean, e já para locais fechados, a alternativa é a Oxi-Sanitização. Em ambas as soluções, a água é combinada ao ozônio e os métodos podem ser usados em ambientes como shoppings, comércios, e industrias entre vários outros.

 

O ozônio é altamente eficaz na eliminação de vírus, bactérias, fungos e protozoários pois ataca a membrana plasmática (ou cápsula proteica no caso dos vírus) mantando-os e impedindo sua reprodução. Justamente por esse motivo, setores da industria do denim que usam a tecnologia, como as lavanderias, tem conseguido manter suas atividades com segurança mesmo durante a pandemia.

Logo é um imenso orgulho noticiar inovações tecnológicas que apresentam soluções voltadas especificamente para esta demanda, emergindo em solo nacional. Principalmente porque estão gerando mais do que alternativas para o comercio de moda. De forma indireta, estão contagiando o país a avançarem confiantes rumo à tão sonhada consolidação da tecnologia nacional “made in brazil”.

Mais informações sobre a Sanox e seus produtos podem ser obtidos no site www.sanox.com.br.

 

Fonte: Vivian David | Foto: Reprodução