Youcom passa a integrar a Plataforma Circular Cotton Move

A Youcom, marca de lifestyle jovem da Lojas Renner S.A, integra o time de parceiros do aplicativo Plataforma Circular Cotton Move. A iniciativa tem o objetivo de incentivar a redução do desperdício têxtil e aumentar a escala da reciclagem de roupas de algodão no país, gerando novos produtos com fibras recicladas.

A marca entra na lista de varejistas disponibilizando 30 pontos de coleta dentro de uma seleção de lojas físicas localizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Distrito Federal, Goiás, Amazonas e Pernambuco.

“A Youcom é uma marca jovem e versátil, além de muito atenta às questões ambientais e sociais. Por isso, práticas de sustentabilidade são parte fundamental e acompanham a marca desde 2014, quando lançamos o projeto Jeans for Change. Esta parceria com a Cotton Move amplia nossas ações em prol de uma moda mais responsável”, destaca o diretor da Youcom, Claudio Barone.

A parceria com a Cotton Move faz parte do “Youcom Change“, selo de moda responsável da marca que identifica todas as suas ações de sustentabilidade, em consonância aos movimentos de moda responsável e valores da Lojas Renner S.A. No último ano, a rede implementou a coleta permanente de peças jeans em todas as suas lojas físicas, com o objetivo de dar um destino novo para as peças que os clientes não utilizam mais.

Aqueles que baixarem o aplicativo da Cotton Move podem consultar os pontos de descarte de peças de algodão (como jeans, sarja, malha e similares), em fim de ciclo de uso, por meio de um mapa com geolocalização, além de conferir conteúdos sobre economia circular. As fibras recuperadas serão utilizadas no desenvolvimento dos produtos que voltarão às lojas, sem a adição de fibras sintéticas, valorizando assim a reciclabilidade do algodão.

Vale destacar que o aplicativo da Cotton Move está disponível para download nas lojas virtuais da Apple Store e Play Store, através do QR Code do projeto. A plataforma também é acessível pelo desktop.

Fonte: Redação | Fotos: Reprodução