Cedro aumenta faturamento em 2013

Em 2013, ano em que o mercado de tecidos brasileiro manteve-se extremamente competitivo, e em que o faturamento de toda a cadeia têxtil e de confecção brasileira recuou 9,4%, as atividades da Cedro e Cachoeira registraram receita bruta de R$ 707 milhões, valor R$ 105 milhões superior à de 2012 e que corresponde a uma alta de 17,4%. Em números absolutos, o faturamento de 2013 é o maior da história de 141 anos da empresa.


A forte demanda do mercado por tecidos coloridos e estampados, uma tendência da moda em 2013, foi a responsável pela elevação em 48% do faturamento da linha Colours, da Cedro. O crescimento também ocorreu na linha Profissional, de tecidos para uniformes (+ 23%) e na linha Denim (+ 7%).

Puxada pelo crescimento no mercado doméstico, a Cedro registrou em 2013 seu volume recorde de produção, com 92,5 milhões de metros lineares de tecidos, 15,7% a mais que em 2012. As exportações mantiveram-se em patamar idêntico ao registrado em 2012, com 2,2% do faturamento.


“Esses resultados refletem o acerto de várias decisões estratégicas tomadas pela Cedro nos últimos anos, como a racionalização da produção, o desenvolvimento de produtos e o lançamento de tecidos de maior valor agregado”, informa Fábio Mascarenhas Alves, diretor administrativo-financeiro. “Como atuamos nos três segmentos (Denim, Colours e Profissional) temos flexibilidade para acompanhar a flutuação de mercado em 2013”, analisa o diretor. “O ano de 2014 será de muito trabalho mas confiamos no planejamento em curso e nas medidas adotadas pela empresa”.

REDAÇÃO | FOTO: EQUIPE GUIA JEANSWEAR