Estampados são novidade na Cedro Têxtil

A Cedro Têxtil que vai lançar seu book de inverno na Première Brasil, em janeiro, aposta na linha de estampados como florais, xadrezes, listrados, cashmere, quadriculados e folhagens em vários tons e com bases em 100% algodão ou com mistura de elastano. No segmento infantil, destaque para o fio 40 em padronagens como caveira, cerejas, florais miúdos. No masculino, destaque para as folhagens em cores terrosas, principalmente usadas em bermudas.


Entre os tecidos, o Cedroflex Relic vem com aspecto de couro, no tom marrom ou preto. “Podemos fazer qualquer cor de Pantone(R) desde que o cliente compre no mínimo 1000 metros”, comenta Gerson Barbosa, representante comercial da empresa. O Trípoli com 10 oz e o Kazan com 10,5 oz são ideias para o segmento feminino em modelagens de calças. Outro destaque da empresa é o corante 100% indigo, sem enxofre que vai desbotando na lavagem caseira. “Confere um efeito mais natural, com marcações de bolsos, joelhos”, afirma Gerson.


A empresa com fábrica em Sete Lagoas e Pirapora, ambas em Minas Gerais, mantém um show room em Belo Horizonte, vendem para todo o Brasil e ainda exportam. São produzidos por mês em torno de 8 milhões de metros nas três linhas: denim, color e profissional para uniformes. Eles ainda mantêm o Museu Têxtil em Caetanópolis (MG), com todo o acervo da empresa e uma curiosidade: é uma das indústrias têxteis mais antigas do Brasil – foi criada em 1872 – onde a licença de funcionamento foi assinada por D. Pedro II.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR