Kiabi anuncia fechamento de lojas no Brasil

Chegou ao fim a trajetória da Kiabi no Brasil. A fast fashion francesa anunciou, nesta segunda-feira, que irá encerrar as suas operações em solo nacional até o final deste mês de janeiro. A marca garante que, por ora, irá se dedicar aos mercados em que está presente há mais tempo.

“Em um contexto internacional difícil, em que o mercado de moda tem sido impactado fortemente por crises sociais, econômicas e ambientais, a liderança da marca na França optou por consolidar suas posições de mercado e seus investimentos nos países em que está presente há mais tempo e alavancar seu crescimento nesses locais”, anunciou a marca em comunicado.

“A Kiabi Brasil agradece a equipe de colaboradores e parceiros, que durante todo este período foram extremamente comprometidos, dedicados e engajados com o sucesso desse projeto. Assim como a marca é muita grata a todos os clientes que escolheram vestir-se de Kiabi”, completou.

Anteriormente, a fast fashion havia anunciado a abertura de outras 40 lojas no Brasil nos próximos cinco anos.  Em agosto do ano passado, a rede francesa lançou seu e-commerce em São Paulo, expandindo-o para todo o país em novembro. No mês seguinte, apresentou seu cartão de crédito private label e programa de fidelidade, e em outubro uma coleção de moda praia biodegradável totalmente desenvolvida em solo brasileiro.

O e-commerce da Kiabi já foi desativado no último dia 2 de janeiro e as lojas físicas funcionarão normalmente até o dia 31, com liquidação de 50% de desconto nas compras a partir de duas peças compradas. Os descontos podem aumentar a partir da segunda quinzena de janeiro, de acordo com as necessidades de liquidar os estoques, até o fechamento das lojas.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução