Miyazaki Indigo oferece cursos voltados ao tingimento denim com índigo japonês

Quando se volta para a origem na produção no denim, a cor azul anil tão reconhecível do tecido é encontrada na botânica. Anos atrás, a pesquisadora e professora Kiri Miyazaki decidiu levar sua atenção para o tradicional tingimento natural com o cultivo do índigo japonês, corante de origem vegetal tem uma história milenar, e hoje, busca disseminar este conhecimento tradicional aqui no Brasil.

A imersão completa neste segmento do universo jeanswear pode ser encontrada nos cursos ministrados por Kiri, que passam a ser realizados já neste mês de fevereiro, de maneira online. São disponibilizados módulos diversificados em torno do tingimento natural, que podem ser adquiridos separadamente.

Com início agendado para o próximo dia 20 de fevereiro, o módulo inicial trata-se de uma “Introdução ao tingimento com índigo japonês fresco“, sendo seguido por uma vivência no “Processo de extração do pigmento azul“, que acontece a partir de 4 de março. Para ambos, é necessário que os participantes contem com suas próprias plantas índigo.

Já em 20 de março, é possível participar de uma vivência no “Tingimento com índigo em pó”, que apresenta o preparo e cuidados com a tina. Já no dia 21, Kiri Miyazaki ministra aulas sobre o “Tingimento com índigo japonês fresco a quente” – que também pede que os participantes contem com suas próprias plantas índigo -, enquanto em 24 de março, o foco se volta para o “Preparo de tina com folhas secas“.

O Sukumo, nome dado ao processado, feito no Japão, das folhas de índigo em uma fermentação lenta de 120 dias, chega ao foco nos dois módulos seguintes. O primeiro, realizado a partir de 22 de maio, trata da “Preparação em pequena escala” na produção de tina de tingimento.

Na sequência, no dia 19 de junho, Kiri apresenta detalhes sobre o “Preparo de tina com sukumo“, um processo que leva até 30 dias. A vivência dá ao aluno a chance de entender a manutenção e ponto de tingimento nos mesmos moldes realizados no Japão.

Por fim, Kiri Miyazaki oferece uma “Imersão para a vida“, a partir do dia 12 de setembro. A vivência tem como objetivo “aliar conhecimento histórico/artístico com químico/botânico e dessa forma, construir um saber holístico”. Nela, é possível encontrar aulas teóricas e práticas, que abordam desde a origem do tingimento com plantas até a solidez da cor do tingimento natural.

Todos os módulos já estão disponíveis para compra. Para mais informações, basta clicar aqui.

Fonte: Redação | Fotos: Reprodução