Pitti Bimbo traz o denim como destaque para o mercado infantil

A Pitti Bimbo, a maior e mais importante feira de moda infantil que aconteceu em Florença, Itália, no final de janeiro apresentou as principais tendências para o Inverno 2017 com mais de 400 expositores como Monnalisa, Il Gufo, Simonetta, Miss Blumarine, Laura Biagiotti, Catimini, Fun & Fun, Gaultier Jr, MiMiSol, Boboli entre outras.


Os visitantes puderam conferir as novidades nos desfiles e stands com maior predominância de lojistas europeus que apresentaram peças que estarão nas lojas a partir de agosto/setembro. Neste segmento stands lúdicos e muito bem projetados chamam atenção para um mercado que vem crescendo cada vez mais. Para os meninos o jeitão street ou super arrumadinho (sem ser careta) chamam atenção em peças super coloridas ou mais escuras no raw manchado. Joelheiras marcadas, rasgos, patchs, camuflados, colors também fazem parte do vesturário dos pequenos. Para as meninas, bordados em tricôs, florais e estampas localizadas em lavagens mais claras. Detalhes como filigranas renovadas, recortes, mistura de lavagens e respingos de tinta ganham destaque na estação.


Nossa colaboradora, Juliana S S Nardelli do Bureaux Pensar, esteve cobrindo a feira e antecipa aqui os pontos fortes em cores, tecidos, modelos para inspirar as confecções brasileiras. Confira!


O índigo apareceu com grande destaque. Ele reflete o espírito do momento: é versátil, confortável, e permite muita diferenciação. Ganha força também porque é azul, e esta é uma das cores mais importantes do Inverno 2017. O azul profundo, o marinho, os tons de azul lavado, vão do bebê ao adolescente, inclusive quando se fala de meninas. Além do azul, os jeans também ganham tonalidades acinzentadas. Raramente vimos black, e sim muitos tons de cinza. Quanto aos acabamentos, os puídos e rasgados leves (sem abertura/buraco) são unânimes. Com uso de laser surgem desenhos florais localizados, amassados (bigode, bolsos, barra, entre outros) e motivos repetitivos, frequentemente estrelas. Como várias outras peças, o jeans vem também laminado com metalizados prata ou acobreado. Os botões e rebites tendem a aparentar envelhecidos. Nas formas, não há muita novidade, e talvez a mais significativa seja a influência dos anos 70, trazendo a pata-de-elefante para as calças das meninas. Impossível não falar das malhas de fio índigo, especialmente moletons. Com ricos trabalhos de lavanderia, eles se tornam modelos de grande destaque em várias marcas. É o visual jeans com conforto ainda superior!


Macrotendências


Participar de uma feira de moda internacional requer muito mais que uma boa máquina fotográfica, papel e caneta. Falar dois ou três idiomas não é o suficiente para compreender o que as tendências de grandes marcas têm a nos dizer. É claro, observamos as cores, os temas, os tecidos, aviamentos, modelos, formas, estampas, acabamentos. Além disso temos que ouvir, sentir, tocar, conversar com profissionais de outros mercados. Assim foi nossa pesquisa nos 3 dias da feira Pitti Bimbo onde detectamos algumas preocupações comuns na maioria das marcas.


SUSTENTABILIDADE: ouvimos repetidamente na apresentação de produtos nos stands, falar-se sobre “ecocouro”, “ecopele”, “ecojeans”, fio reciclado, algodão orgânico. Mas, acima de tudo isso, preocupações maiores como o planeta num todo, a água, as mudanças climáticas, e sobretudo com as pessoas. Aquela consciência de que temos que deixar um mundo melhor para nossos filhos e filhos.


VALORIZAÇÃO DA ORIGEM: podemos tomar como exemplo a expressão Made in Italy, que volta a ganhar destaque. O consumidor novamente se sensibiliza pela forma, localidade em que foram produzidas suas peças. Quer conhecer a história do que está consumindo. Em alimentos isso já é notório, a moda está reconquistando esse valor.


MERCADO VIRTUAL: todas as marcas importantes têm comércio on-line. Estamos num momento de percepção onde o virtual e o físico se somam, não competem. Pela primeira vez na história da Pitti Bimbo foram realizados workshops, e um deles ( foram apenas dois) foi sobre e-commerce. Todos sentem necessidade de saber mais sobre o tema.


Estejamos então, de olhos atentos, e todos os sentidos direcionados a aprender quando temos oportunidades como esta. Pois certamente trazemos muito mais conhecimento do que produtos que caberiam em uma mala…


Para ter mais informações sobre as tendências de moda infantil para Verão 20162017 e Inverno 2017, entre em contato pelo email bureauxpensar@gmail.com

Juliana S S Nardelli/VANESSA CASTRO | FOTOS: EQUIPE GUIAJEANSWEAR/REPRODUÇÃO