Sebrae discute sobre criatividade e conhecimento para dinamizar negócios do setor confeccionista

Uma economia que não se produz com matérias primas, mas com valores imateriais, como criatividade e conhecimento, domina 10% do Produto Interno Bruto mundial. A informação, que coloca a Economia Criativa como setor estratégico, é da Organização das Nações Unidas (ONU). Atividades relacionadas a artesanato, arquitetura, design e moda são as que mais utilizam este processo que agrega valor cultural e criativo a produtos e serviços. No Brasil, os negócios baseados na criatividade representaram uma injeção de R$ 126 bilhões no PIB, de acordo com levantamento feito em 2013.

Apesar dos números bastante promissores, o Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae aponta que a falta de investimento da indústria de confecção em inovação e treinamento de mão de obra comprometem o futuro do setor. Em um mercado globalizado, como é o da moda, é fundamental que as empresas estejam em constante reconstrução, e a utilização adequada dos processos criativos na hora de criar uma coleção é parte primordial dessa renovação.

Diante da dificuldade de alguns pequenos e médios empresários em se adaptar a essa realidade, o SIS produziu um boletim de tendências que mostra como se dá o processo criativo de moda e aponta técnicas criativas que podem ser aplicadas aos negócios do setor. Um dos exemplos citados nesse relatório é o Inova Moda, projeto originado de um convênio entre Sebrae e Senai, que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento da moda nacional, especialmente dos pequenos negócios. O programa tem a criatividade como mola mestra no desenvolvimento de coleções, produtos, modelagens e na elaboração de fichas técnicas.

Para participar do Inova Moda os empresários das áreas têxtil e de vestuário, couro e calçados, gemas e jóias se inscrevem e, por meio de oficinas, os selecionados colocam os projetos em prática. Além disso, recebem kits com as publicações do projeto, materiais lúdicos de pintura e escrita, bloco de anotações, folhas de atividades e painéis de textura e de modelagem. O resultado é o aperfeiçoamento dos profissionais que verificam a aplicação do conceito de inovação em suas empresas.

Mais informações através do site.

REDAÇÃO | FOTO: REPRODUÇÃO