Síntese das coleções masculinas apresentadas em Milão

Homens decorativos, inspirados no empoeirado universo Western; volumes

relacionados ao skatewear, transitando entre a leitura nerd e a agilidade samurai; a

intimidade masculina em pauta, através do compartilhamento entre roupas entre pais e

filhos; e a versão italiana e decorativa do Texas. Estes foram os principais temas

explorados na semana de moda masculina de Milão, apontando para quatro distintas aparências do jeans masculino.



Do Texas e da referência italiana explorado por Antonio Marras, temos

o denim bruto associado ao xadrez buffalo, diversificado por versões trabalhadas em

patches e reservas de pigmento. Aqui o avental, o macacão e a calça trabalhada do

vaqueiro está presente, em cortes primorosos inspirados na alfaiataria italiana. Na

camisa em denim, entram as misturas com o xadrez e as palas desenhadas no estilo

western. É um homem decorativo com uma pegada roqueira, entram correntes, camurça

e sapatos pesados com bicos alongados.



Dolce&Gabanna apresentou uma outra visão do mesmo tema, onde

o jeans é mais lavado, ajustado, e decorativo; trabalhado por bordados espelhados em

jaquetas e calças. Aqui o look total denim é importante, o jeans é mais lavado e

trabalhado em pontos de luz intensos e espaçados, bigodes e puídos. As camisas tem

lapelas pontiagudas e são poluídas por anjos e flores.



Do closet que mistura gerações ­ tema explorado por Brunello Cucinelli

­ tivemos o apelo da moda essencial, onde o jeans comfort nas lavagens médias e

escuras equilibrou a referência antiquada da alfaiataria pesada na parte superior, graças

à improvisos como a camisa jeans retorcida e amarrada na cintura. Neste tópico, os

coloridos são mais refinados, como o vinho escuro amassado, e a calça branca, que

entra como um importante item do mix, em cortes mais sequinhos. As composições

fazem o contraponto entre o homem jovem e a postura madura, associando as calças

com coletes térmicos, tricôs em golas rulê e tuxedos.



Por fim tivemos os temas com pegada streetwear, colocando a

irreverente imagem dos samurais aos nerds, mesclando cortes retos e fortes, em

volumes que variaram do sequinho ao amplo e volumoso.

Este tema, por sua vez, traz tanto o denim bruto quanto os patches, e

coloca para o mix de calças masculinas tanto o comfort em cortes rígidos quanto as

silhuetas amplas com um toque de referências femininas na interpretação. Confira uma

síntese dos estilos em nossa galeria.

VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO