Vicunha discute humanização de marcas no Dia Mundial do Jeans

Em meio as celebrações do Dia Mundial do Jeans, no último dia 20 de maio, a Vicunha Têxtil promoveu mais um webinar da série #JeansID com o tema “Humanização das marcas: Por que devemos mudar já?“. A conversa contou com a participação do escritor André Carvalhal e Francisco Gonzalez, coordenador de moda da Vicunha Brasil, com mediação da Cool Hunter, Lorena Botti.

O jeans atravessou a história e reafirmou sua representatividade e importância em um período crucial de rediscussão sobre consumo e cadeia produtiva na indústria da moda, sendo símbolo de resistência, adaptabilidade e reflexo do comportamento de gerações. Hoje, temos como questão como vamos se adaptar nesta nova realidade promovida pela crise do novo coronavírus.

Autor do best-seller “A Moda Imita a Vida: Como Construir uma Marca de Moda”, André Carvalhal afirmou que é preciso ter cautela ao festejar um “novo normal”. “Mas quem está incluído nesse futuro? Precisamos antes entender como todos vamos viver com o vírus, muito mais do que pensar nas tendências de um mundo pós-pandemia”, apontou.

Neste sentido, segundo Francisco Gonzalez apontou que o olhar o entorno e o movimento da sociedade, humanizar e se conectar, “entrelaçar”, são desafios necessários às marcas. “Na Vicunha, desejamos conversar com todos, desde a matéria-prima à lavanderia, confecção e consumidor final, a fim de abrirmos diálogo com toda a cadeia e compartilharmos conhecimento […] É sobre ter um olhar humano e colocar as pessoas em primeiro plano, com suas necessidades e realidades distintas”, disse.

A construção atual de uma marca, mais do que nunca, baseia-se no exercício de que o “todo mundo” não existe. De acordo com Carvalhal, o normal é variável para cada pessoa e é necessário procurar respostas efetivas para questões como: qual é a necessidade e o “novo normal” para cada pessoa do seu ecossistema?

Vale destacar que as lives e os webinars promovidos pela Vicunha Têxtil fazem parte de uma série de iniciativas que reafirmam o compromisso da companhia em unir o setor e compartilhar conhecimento com o mercado de moda. A tendência, aliás, tem sido aderida por diversas outras empresas pelo país.

O conteúdo, que também pode ser acessado pela landing page “Juntos no combate ao coronavírus”, visa garantir uma volta segura e com responsabilidade às funções administrativas e operacionais, conforme orientações da empresa e em acompanhamento às recomendações dos órgãos de saúde e governamentais.

Fonte: Redação | Foto: Divulgação