O visual hand-made que está multiplicando as qualidades do denim

Versatilidade sempre foi à palavra mágica do segmento jeanswear. Mesmo que estejamos habituados a pensá-la como um elemento facilitador na coordenação do look: associando-a a qualidade do jeans, vestir bem qualquer ocasião. Mas é o laser que agrega novas aptidões para essa característica já tão forte no setor. Entre elas, a capacidade de transformar o tecido, e fazer com que o mesmo se assemelhe a outro material. Do denim liso ao estampado, perfurado, vazado ou felpudo: novas linguagens vêm sendo somadas ao nosso tão estimado tecido azulzinho. E o resultado final pode lembrar desde o visual pele ecológica, até o jacquard. É dessa forma, que algumas tecelagens estão sugerindo o uso dos seus materiais no Verão e Inverno 2020: o enfeite sustentável encontra-se no diálogo entre o próprio tecido e as tecnologias disponíveis.

A leitura final lembra bastante o upcycle e a estética do trabalho artesanal, porém feita de modo industrial. Mas apesar da produção não envolver o hand-made no chão de fábrica; nada impede que a inspiração provenha inicialmente do manual.

Mas vamos aos exemplos: para o menswear, padrões repetidos, perfurações desde a peça toda até localizações específicas, como a barra, são a grande sacada para jogar frescor no mix de verão. Além de proporcionar respiros aos modelos, a interferência também associa o jeans, às falas de sustentabilidade e evolução. Como sabemos, é uma tendência forte no público mais maduro, que busca qualidade de vida, lifestyle natural e associa essa visão aos tecidos funcionais. Um denim estável e desfiado é um verdadeiro atestado de qualidade e excelência tanto no material quanto na etapa da lavanderia. E este consumidor, pelo seu perfil, está apto a perceber essa informação. Desenhos de diamante alternando devorês, e azuis saturados em batas são alguns exemplos para a temporada de calor, enquanto aqueles que criam desfiados ou superfícies completamente felpudas sublinham a idéia de agasalho.

No mix feminino, a ideia de textura com toque é reservada principalmente às lavagens macias, e pode constar nas bainhas ou pontuar padrões volumosos delicados nas peças. Destaque também para o design de superfície formado por padrões como as pintas de girafa, ou pontilhados lembrando matelassê, em superfícies lisas.

Lembrando que para o mercado nacional as referências que se baseiam nos tecidos leves são mais pertinentes para o Verão 2020.  Nesse caso, para o menswear, por exemplo, a ênfase seria a camisaria, as bermudas e as interferências que arejam as peças perfurando. As interferências que pesam no modelo criando sensação térmica ficariam então reservadas ao sketchbook de inverno. Do mesmo modo para o segmento feminino, a ideia das texturas formadas tanto pelos machucados do laser no tecido, quanto pela gravação de estampas contínuas, seguem os mesmos moldes e são ideais para  diferenciar modelos de baggy, multiplicar a fisionomia de blusas e vestidos de chambray, e conferir leitura delicada a combos e jaquetas com visual macio.

Fonte: Vivian David | Fotos: Reprodução

Adquira o Guia de Tendências

O Guia de Tendências é um serviço de pesquisa internacional de moda e comportamento para o segmento jeanswear. Quer saber mais sobre esse serviço, entre em contato conosco pelo e-mail atendimento@guiajeanswear.com.br ou pelos telefones (11) 2656-8285 e (31) 99834-8450.

  • Conheça nosso material exclusivo de tendências!

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS!