Tie-dye em versão super sexy por Anthony Vaccarello

Uma pegada “super-sexy” na década oitentista, com uma notável influência de Versace. Foi com tal proposta que Anthony Vaccarelo incluiu na sua coleção de verão 2014-15, referências de lavagens manchadas para o denim, e formas sedutoras especialmente formuladas para proporcionar a exposição da pele feminina. Através da interpretação em tie-dye e do visual black proposto por Vaccarelo, o jeans realizou suas primeiras aparição nas passarelas do Paris Fashion Week, que teve início ontem.



Entre as construções dedicadas aos materiais em black, destaque para os vestidos e para as formas com tiras estilo cut-out com efeito vazado incluindo partes do corpo na leitura das peças. Além deste “estilo” de construção, os metais foram outro ponto forte do desfile, aplicados com agressividade através de tachas gigantes, salientadas pelo volume de esfera e acabamento polido.



Nos diálogos, a lógica de expôr a pele manteve seu alinhamento, através o efeito diferenciado de transparência das malhas piquê. Destaque para as interpretações de saias com laterais revelando curvas, com formatos geométricos sugestivos enfatizando a parte inferior do look, desvinculados de uma leitura promíscula pelo apelo conceitual das aplicações dos metais em proporções gigantes. Para o segmento jeanswear, o visual trabalhado pela coleção de Anthony Vaccarelo, representa acima de tudo uma excelente leitura para o jeans dedicado ao estilo mulherão nacional, pela extrema ênfase dada ao elemento sensualidade.