E-commerces faturam R$ 5,3 bilhões durante Semana do Brasil

A Semana do Brasil, criada pelo Governo Federal em 2019 buscando estimular o consumo com descontos em varejistas, trouxe bons resultados para o comércio digital. De acordo com levantamento Social Miner, empresa especializada em dados de comportamento do consumidor online, em parceria com Neotrust | Compre & Confie, ClearSale e ANYMARKET, os e-commerces brasileiros faturaram R$ 5,3 bilhões entre os dias 3 e 13 de setembro.

O índice representa um aumento de 65% em relação ao ano passado. Além disso, a pesquisa também apontou que o número de pedidos foi 52% maior que no ano passado, chegando a 12,2 milhões, e o ticket médio aumentou 8%, R$436, ante R$403 em 2019 . Os dados foram apurados entre 1 e 15 de setembro.

Ao todo, 67% dos compradores preferiram utilizar o desktop ao realizar suas compras, enquanto 33% escolheram o celular – que registrou um crescimento de 9 pontos percentuais sobre os 24% do mesmo período no ano passado.

Por região, o sudeste respondeu pela maior parte das compras, com 61%, seguido pelo sul, com 18%, e o Nordeste, com 13%. Quanto ao público, os homens compraram ligeiramente mais que as mulheres, sendo responsáveis por 51% das conversões, e apostaram em itens da categoria eletrônicos e informática (73%), bebidas (72%) e artigos de casa e construção (61%).

Cerca de 49% das mulheres, por sua vez, apostaram em itens de beleza, categoria que representou 89% das compras. Moda e acessórios representaram 67%; e farmácia e saúde, 72%.

Outro ponto a ser destacado, segundo dados da Social Miner, é o crescimento de 107% na taxa de recompra, que passou de 2,7%, no ano passado, para para 5,6%.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução