Nada básico nas coleções da Fruto da Imaginação e Ninali

As duas marcas com sede e loja em Blumenau (SC), showroom em São Paulo e, presentes em mais de 800 multimarcas pelo Brasil, ganham destaque pelos vestidos de festa, além das linhas mais casuais, destinadas ao público A/B. “Trabalhamos com estampas diferenciadas, strass, bordados. Nos preocupamos com os detalhes, acabamentos, metais. São modelos mais trabalhados, nada muito básico,” afirma a designer Bruna Neves.

Com 30 mil peças produzidas por mês, a Fruto da Imaginação destinada às meninas de 8 a 20 anos, aposta nos coletes e jaquetas mais curtinhas com mimos como broches, metais e aviamentos diferentes, personalizados e trabalhados de acordo com o tema. O jeans ainda invade skinnies, shorts com brilhinhos e acabamentos em tie dye. A primeira coleção casual da Ninali (que antes só oferecia a linha festa) traz um tecido bem leve que imita o jeans em vestidos, calças e shorts arredondados para a faixa etária que vai do 2 ao 8.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR