Rasgos: toque vintage no jeans

Há algumas estações vem se falando do aspecto vintage no segmento jeanswear (e em outros também), com jeitinho de peça usada, desgastada pelo tempo ou que resgata suas origens, meio despretenciosas, meio cools…….mas super modernas.


Essa tendência que ainda vai continuar por muito tempo obrigou as lavanderias a buscar novas soluções e diferenciais para puídos, desgastes, desfiados, rasgos e marcações, inovando sempre nos beneficiamentos, e sempre colocados milimetricamente como se já fizessem parte da peça há muito tempo.


Nesta matéria vamos focar os rasgos, que podem vir em profusão, em pontos localizados, discretos ou com fundos de estampas diferentes. Tudo para valorizar ainda mais o jeans.


A Abercombie, por exemplo, aposta em modelos com muitos amassados realizados com efeitos de resina que conferem volume em diversas partes da calça.


Pequenos ou exagerados eles podem vir em profusão com cerzidos, desfiados ou com tecidos coloridos, principalmente nos joelhos. O legal é que cada calça é única, com rasgos em diversas partes da peça.


Já a Diesel transforma seus rasgos em obras de arte com se tivessem teias de aranha em meio aos desfiados de diversos tamanhos. Ou ainda discretamente colocados aleatoriamente pela calça com remendos.


A Firetrap inova com lavagens diferentes, furos e rasgos que formam patchworks remendados e manchas como se fossem de óleo, totalmente vintage.


A Dsquared decora sua calça com a figura da caveira costurada e rasgos exagerados misturados a manchas amareladas, respingos de tinta e pontos de luz, além de leves puídos, respingos de tinta e esbranquiçados.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: REPRODUÇÃO